Band

Dinheiro público: Band tem aumento de 1.129% em verbas publicitárias no Governo Temer

O editorial da Band, lido por Ricardo Boechat ontem (23), no “Jornal da Band”, causou uma certa estranheza no público, que entendeu a nota como um apoio ao Governo de Michel Temer, do PMDB, que após um período de estabilidade, começa a ser alvo de ataques e protestos, e teve sua base aliada bastante comprometida após o escândalo envolvendo a delação premiada de Joesley Batista, dono da empresa JBS.

Segundo dados divulgados pelo site “O Cafezinho”, a emissora do Morumbi, teve um repasse 1.129,4% maior entre janeiro e agosto de 2016, se comparado com o mesmo período de 2015, ainda no Governo Dilma (PT). O canal só perde para o Grupo Abril, que sozinho teve uma alta de 4383,7% em repasses feitos pelo Governo Federal.

O Grupo Globo, que engloba as empresas: Rede Globo (24,4%); Editora Globo (586,4%) e InfoGlobo (119,7%), somaram uma alta de 730,5% em repasses de verbas publicitárias. O site UOL, que pertence ao Grupo Folha, também teve alta em seus repasses, ao todo de 78,1% se comparado com o mesmo período (acima citado), no Governo Dilma.

A RecordTV e o SBT, não apareceram nesta lista de aumento, vale lembrar que à pedido de Michel Temer, o dono do SBT Sílvio Santos, usou sua emissora para fazer chamadas apoiando a Reforma da Previdência, uma das propostas mais polêmicas e também rejeitada pela maioria dos brasileiros. 

Comente abaixo:

Artigos relacionados