Globo

Após “A Lei do Amor”, Maria Adelaide Amaral diz que não pretende mais escrever novelas das 9

A autora Maria Adelaide Amaral concedeu uma entrevista ao site “Outro Canal”, onde falou da responsabilidade de escrever um folhetim das nove na Rede Globo, e também sobre o seu desejo para o futuro. A autora de 74 anos, disse na entrevista que a essa altura do campeonato não precisa mais provar nada a ninguém, e que não queria mais assumir a responsabilidade e escrever uma novela no principal horário da emissora carioca.

Não quero ser autora da novela das 21h, quero ser feliz. Não quero esse patamar. Prefiro ser feliz, me divertir. A essa altura da vida, não tenho que mostrar mais nada para ninguém”, disse.

Essa declaração acontece logo após a autora terminar sua novela “A Lei do Amor”, exibida até abril deste ano, em parceria com Vicent Villari, o folhetim das 21 horas enfrentou problemas com sua audiência e não conseguiu cumprir sua missão de elevar a audiência do horário, ficando com índices bem abaixo da meta (35 pontos).

“A Lei do Amor” finalizou com 155 capítulos, ficando no ar por seis meses, e ficou com média geral de 27,2 pontos apenas, quase dois a menos que sua antecessora “Velho Chico” (29,0 pontos). O resultado do folhetim ainda foi pior que de algumas novelas das sete, com “Totalmente Demais” e “Haja Coração”, que obtiveram 27,4 pontos de média geral em São Paulo.

Comente abaixo:

Artigos relacionados