Entrevistas RecordTV Rede Família

CTV Entrevista: Tiago Valentim, apresentador da Record TV Interior/SP

O CTV Audiência inicia uma série de entrevistas com jornalistas e apresentadores de TV. Nesta oportunidade este colunista entrevistou o jovem jornalista e apresentador Tiago Valentim.

Nascido em Limeira, interior de São Paulo, de 32 anos, o jornalista, apresentador e repórter Tiago Valentim já desponta como um grande nome da Record TV nos últimos anos. Fato que se comprova quando a emissora decidiu colocá-lo no comando do Cidade Alerta Interior (SP), um dos principais produtos jornalísticos da casa.

Além de apresentar o CA, Tiago também comanda o Balanço Geral Interior (SP) vespertino. Os programas são transmitidos da cidade de Franca, interior do estado de São Paulo.

Apesar da pouca idade, Tiago já possui grande experiência. Formado desde 2006, já chegou a trabalhar de empacotador em supermercado para pagar os estudos. Aos 14 anos iniciou seus trabalhos na área de comunicação, apresentando um programa infantil. Logo depois, começou sua experiência como locutor de rádio, passando por várias cidades do interior de São Paulo.

Na TV, teve passagens por emissoras de Limeira e Araras, até chegar a Rede Família, do Grupo Record, em 2006. No ano de 2011 foi convidado para apresentar o Balanço Geral Interior, na cidade de Franca. Na Record TV e Record News de São Paulo é possível acompanhar Tiago em suas reportagens que vão ao ar nos jornalísticos das emissoras.

Para o jornalista Guinho César e o CTV Audiência, Tiago Valentim concedeu uma entrevista exclusiva, que você confere a seguir.

Balanço Geral e agora o Cidade Alerta. Como você se sente apresentando dois dos maiores produtos jornalísticos da Record TV?

É a realização de um sonho!!! Sou muito grato a DEUS e a essa casa por essa confiança. Todos os dias chego na emissora com disposição e garra de sobra para fazer o melhor. Quando recebi a oportunidade de estar no Balanço Geral na região de Franca, passei a fazer parte de uma família que a cada programa busca levar o melhor para nosso telespectador e assim o programa se tornou líder de audiência nas pesquisas na cidade e com uma enorme aceitação em toda região.

Acredito que a escolha da emissora para estarmos também no Cidade Alerta, seja um reflexo dos resultados da equipe no Balanço Geral. A dedicação de toda a nossa família Record para que o Cidade siga o mesmo caminho é igual. É uma honra estar nesses programas, busco retribuir para essa casa com muita dedicação e amor ao meu trabalho.

Você tem uma raiz muito forte no interior. Praticamente toda sua história está no interior de São Paulo, seja na TV ou no rádio. Você tem o desejo de crescer os horizontes? 

Acredito que para se ir bem, em qualquer profissão, temos que sempre buscar mais conhecimento, ter humildade e sonhar alto. Fazer do que eu tanto amo uma profissão, foi o primeiro passo. Trabalhar em uma das maiores emissoras de TV do mundo, foi outro.

Apresentar programas tão importantes nessa casa, foi mais um passo. Acredito que é tudo ao seu tempo, um passo de cada vez, sempre buscando fazer o melhor onde você estiver, no interior ou na capital. As vitórias e as conquistas são resultados de dias de trabalho, humildade e principalmente gratidão.

Por exemplo, vindo para a capital?

Trabalhei em São Paulo quando fui jornalista esportivo na Rede Família e tive excelentes experiências na capital que me fizeram crescer muito como profissional.

Você apresenta dois programas e trabalha em uma emissora onde opinião é uma das principais marcas do jornalismo. Até onde a opinião do apresentador é importante para o telespectador? 

A minha maior preocupação quando estou no ar, é que o telespectador consiga separar a informação da opinião. Quando alguém assiste, fica claro que a reportagem é totalmente imparcial, para que a pessoa consiga ter uma opinião própria sobre aquele assunto, e que o comentário é pessoal. O nosso diferencial é que o apresentador tem uma linguagem com a qual ele se aproxima do seu público.

Eu costumo dizer que com tantos meios de se buscar informação nos dias de hoje, com as mídias sociais, o nosso diferencial é o “ser humano”. Humanizamos a situação e buscamos alternativas para que algo mude naquele fato, seja na segurança, na saúde, na comunidade, e os resultados aparecem.

E quando a opinião pode ser um risco?

Deixo claro que é a minha opinião, quem se identifica com ela apoia, quem não, respeita, assim como eu respeito também.

Como você acompanha a crise política que o País está sofrendo e em que ela influência na vida das pessoas? 

A influência é direta em nossas vidas, a crise política gera a crise econômica e assim tudo se agrava. Gera, alta nos preços, desemprego, especulações no mercado, medo e principalmente falta de esperança para o amanhã.

Sobre essa crise política, a opinião dada no meio de comunicação pode ajudar?

A mídia vem como um termômetro de toda essa situação, mostrando para a população os novos fatos que surgem para que o povo possa fiscalizar, cobrar, ir às ruas e em breve, às urnas.

Com tantas maneiras de se informar nos dias de hoje, acredito que a população está aprendendo a filtrar todas essas opiniões que estão inseridas na mídia e criar sua própria maneira de pensar e reagir diante dessa crise.

Como se reinventar no jornalismo televisivo em um tempo de grande inovação tecnológica e internet ocupando grande espaço na vida das pessoas?

Na verdade precisamos acompanhar as novas tecnologias e buscar estar em todos os meios, encarando a internet como uma aliada e não uma concorrente. O grande diferencial dos nossos programas é justamente “quebrar o gelo” e falar a linguagem dos nossos telespectadores, não levando apenas a notícia, mas também viver aquela situação, fazer parte ou se sentir no lugar daquela pessoa.

O jornalismo televisivo mudou muito, saiu da formalidade e ganhou um formato mais “humano”. Com isso, além de ser melhor aceito pelos telespectadores, ele sai da TV e vai para as redes sociais, onde todos podem consumir onde e quando quiserem.

Você já abriu mão de algo na sua vida pessoal para estar onde está? 

O sucesso profissional só vem se tivermos em primeiro lugar o sucesso pessoal. Sou uma pessoa de muita fé em DEUS, amo minha família acima de tudo, tenho amigos muito queridos e acredito que essa soma reflete em tudo que faço, principalmente na vida profissional. Já morei em várias cidades, dormi em lugares ruins, passei fases complicadas, principalmente no começo da carreira, mas sempre contei com a fé e com a família que, mesmo quando eu morava longe e sozinho, nunca me deixaram esmorecer.

E valeu a pena?

Valeu e ainda vale a pena, afinal acredito que a cada dia temos novas batalhas para encarar e vitórias para conquistar e comemorar. Um dia pedi a DEUS para ter o que tenho hoje e acredito que ELE sempre nos reserva o melhor. O segredo está em ter FÉ, HUMILDADE e GRATIDÃO.

Tiago Valentim apresenta a segunda parte do Balanço Geral Interior a partir de 13h10 e o Cidade Alerta Interior às 18h.

 

Guinho César é jornalista. Fala sobre televisão há muitos anos em seus blogs pessoais. Possui um canal no YouTube.

Já entrevistou grandes nomes do jornalismo e comunicação do rádio e da TV como Milton Neves, Rafael Machado, Heródoto Barbeiro, Gilberto Barros, Clébio Cavagnolle, Haisem Abaki, Roberto Nonato, José Armando Vannucci e muitos outros. Hoje, edita sua coluna “Papo Rápido” no CTV Audiência, trazendo análises sobre televisão e entrevistas aos leitores.

Comente abaixo:
CTV Entrevista: Tiago Valentim, apresentador da Record TV Interior/SP
5 (100%) 1 vote

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: